Tags

egregora

 

O Poder das Egregoras -Parte 3

O Poder das Egregoras na história

Quando pensamos em egrégora, a primeira idéia que nos vem à mente é ser algo relacionado com
grupos relacionados com espiritualidade. Mas W.E. Butler em seu livro ‘ The Magician, his training
and his work’ de 1959, foi mais específico e escreveu:
“Uma clara idéia da natureza da Egrégora mágica, ou forma grupo, deve ser construída na mente no
intuito de que o aspirante possa entender que parte ele desempenha em todo um complexo esquema
e pelo qual pode saber o quão de perto ele é guiado e ajudado no trabalho escolhido.”
Definitivamente, o termo egrégora fora colocado em voga pela Sociedade Teosófica, no início do séc.
XX, se apoderando dele ao se referir ao grupo de seres mais evoluídos que são responsáveis pela
condução da evolução da humanidade, a Grande Fraternidade [Loja] Branca.
No entanto, o termo tem uso mais antigo e pode ser encontrado em ordens iniciáticas e círculos
religiosos:
● Templários, na imagem do Baphomet,
● Maçonaria com a “Cadeia de União”;
● Teosofia com os Mahatmas;
● Golden Dawn com os Mestres Secretos;
● Fraternitas Saturnis com Gotos;
● AMORC com o Sanctum Celestial (Hierarquia);

● Espiritismo com seus Guias;
● Umbanda e os Eguns
● Catolicismo com Jesus e os Santos
● Candomblé com os Orixás
Nos séculos XVIII e XIX, o termo Egrégora recebeu maior atenção dos escolásticos da época e
tornou-se algo mais técnico, isto é, recebeu uma abordagem mais específica, voltada à magia.

Anúncios