Tags

, , , ,

Ba-guá-Feng-Shui-Lógico-Hemisfério-Sul

Saiba Mais Sobre o Feng Shui.

O Feng Shui é uma técnica chinesa de harmonização de ambientes, em que é priorizado o bom equilíbrio e a circulação da energia, também chamada de Chi. Quando o espaço é atulhado ou mal organizado, a circulação da energia é prejudicada, criando o Sha Chi – uma energia negativa que não é saudável.

Sugiro um exercício: faça um passeio pela sua casa e observe como estão os ambientes. É possível circular de forma a não esbarrar nos móveis ou objetos espalhados pelo chão? Os armários não estão abarrotados de objetos, roupas ou livros?faça um passeio pela sua casa e observe como estão os ambientes. É possível circular de forma a não esbarrar nos móveis ou objetos espalhados pelo chão? Os armários não estão abarrotados de objetos, roupas ou livros?

Ou, além de atulhados, eles estão cheios de pó? Com certeza isso não fará bem para a sua saúde. Projetando no seu dia a dia, na mesma proporção em que a sua casa está atulhada, assim também pode estar a sua vida.

REORGANIZAR OS AMBIENTES FAZ COM QUE A ENERGIA CIRCULE

Mais importante que organizar é manter organizado. Muitas vezes nos tornamos acumuladores ou colecionadores, seja pela organização não fazer parte das nossas qualidades, seja como forma de fuga, seja por gostarmos muito de algo e não conseguirmos nos conter, comprando em demasia… A diferença entre colecionador e acumulador pode ser muito sutil. Para a sua vida não virar um caos com excesso de objetos, confira as dicas a seguir:

– Adora algo em especial, como pinguins de geladeira? Reserve um local especial para eles em seu lar. E não lote a casa inteira com eles. Quando chegar a um limite, comece a doar ou dar de presente, e, se possível, procure saber qual a razão por eles chamarem tanto a sua atenção. Pode pesquisar o simbolismo do animal e identificar-se com ele ou algo que ele representa. Isso lhe traz recordações de momentos especiais ou de alguém?

– Em vez de acumular lembranças de viagens, quem sabe montar um álbum de fotos e deixar apenas alguns souvenires à mostra, aqueles considerados especiais? Quando existe excesso de objetos expostos, além de criar uma poluição visual, não há o destaque para rememorar o momento a que eles remetem. As peças escolhidas podem ficar em prateleiras ou organizadas em um mural, como um ?minimuseu? particular de boas lembranças.

– É um aficionado por miniaturas? Organize-as num armário de vidro. Se elas ficam ao ar livre, imagina o trabalho para tirar o pó de todas! Ao criar um padrão, seja organizando por tipo, cores, modelos ou tamanhos, a sua coleção fica mais bonita e fácil de apreciar.

Livros são itens muito especiais e, dependendo do caso, delicados. Se você os ama e não quer passá-los adiante, verifique o espaço que tem em casa para organizá-los. Pode ser por tamanho (fica mais bonito esteticamente) ou por assunto (facilita as pesquisas). Utilizando os dois critérios – arrumando por assunto e altura -, por exemplo, é possível deixar ainda mais organizado. Existem livros que perdem a validade e não têm utilidade nenhuma, como alguns códigos jurídicos que são atualizados anualmente. Nesse caso, você pode descartá-los para a reciclagem. Outra sugestão: deixe à mão os livros que mais consulta ou gosta de ler. Uma estante forte e com portas de vidro protege os livros da poeira e do tempo.

Evite ter pilhas de livros do lado da cama, pois poderá se sentir pressionado a ler, e essa sensação pode atrapalhar o seu sono.Evite ter pilhas de livros do lado da cama, pois poderá se sentir pressionado a ler, e essa sensação pode atrapalhar o seu sono.

Se este for o único espaço disponível para eles, organize-os em uma estante e mantenha-os sempre limpos .

– Alguns tipos de coleções especiais comocamiseta de times, discos antigos ou objetos específicos podem exigir um grande espaço ou condições especiais de armazenamento. Paixão não se discute! Nesses casos, procure ser coerente. Lembrando que, ao guardar em grande quantidade, você pode prejudicar o bom andamento da rotina da casa. Então, avalie o que vale mais a pena: harmonia familiar ou dedicação excessiva a uma coleção? Se for o caso, encontre outros fãs para trocar peças ou crie um museu para que outros possam usufruir da sua paixão. Pense na vantagem de todos poderem acessar outros itens da sua coleção!

Pratique o desapego. Além de beneficiar o ambiente – há menos energia estagnada e mais material que poderia ser aproveitado por outros, mas que atualmente está parado – e a sua mente, pois oxigena os pensamentos, desentulhar pode fazer bem até para o seu bolso: você não terá que gastar providenciando um lugar maior para o excesso de coisas/coleções. E poderá encontrar roupas novas ou pouco usadas quando reorganizar o guarda-roupa. Por fim, ao doar, você ajuda outras pessoas que se sentirão felizes com a sua boa ação.

Ciente de que os excessos podem prejudicar o bom fluir das energias na sua casa e na sua vida, você pode seguir as dicas e manter o seu hobby ao mesmo tempo.

Anúncios