Tags

, , , , , , , , , ,

50007d_530f75abf69e4b22bd846ed39bd9f6a6

A Ciência espiritual mais elevada que possibilita a sagrada comunhão da alma humana com a Divindade é conhecida como YOGA, que literalmente significa UNIÃO. Existem várias categorias de Yoga, sendo que algumas atuam no campo físico e outras, nos aspectos energéticos e espirituais do ser. Damos, a seguir, algumas das modalidades mais conhecidas:

GNANA YOGA – É o sistema que busca a comunhão com Deus pela via da Verdade e da Sabedoria. Seus métodos, através de austeridades, ética de conduta, estudos e da meditação, tem como meta a sagrada compreensão da Divindade, da Sua manifestação cósmica e do destino do ser humano. Este é o caminho do Budismo clássico.

images (1)

BHAKTY YOGA – É a doutrina da devoção, do amor a Deus e ao próximo, da caridade e da reconciliação. A vivência destes elevados propósitos conduz o verdadeiro discípulo à libertação ou à salvação das misérias humanas e do ciclo das reencarnações compulsórias. Estes são os principais postulados do Cristianismo, uma característica da Bhakty Yoga.

KARMA YOGA – É a Yoga da ação, do reto agir. Os devotos dessa natureza de Yoga procuram atuar corretamente no processo do mundo, tanto nas coisas materiais como espirituais; nos níveis mais elevados, são as pessoas altruístas, que realizam serviço impessoal com renúncia aos seus frutos. Neste ramo da Yoga, se inclui o Judaísmo, ensinado e praticado por Moisés e o Islamismo, pelo profeta Maomé.

HATHA YOGA – É uma Yoga de natureza física. Seus objetivos estão relacionados com o bem-estar físico e a saúde. As posturas (ásanas), efetivamente, beneficiam todo o sistema biológico do ser humano, rejuvenescendo o organismo. Não tem como meta, todavia, despertar os níveis superiores de consciência.

images (2)

TANTRA YOGA – É uma modalidade específica ligada ao domínio das energias latentes do ser, e, entre elas, a energia sexual; neste último caso, o objetivo é despertar o chamado “fogo sagrado” (a kundalini), ou a “serpente que jaz adormecida” no cóccix. Ela, na realidade, possui três graus de potencialidade: tamásico (inferior), muito conhecido no mundo profano, prática espúria que visa a estimular as sensações dos sentidos; rajásico (mesclado), busca o controle das energias para despertar poderes psíquicos, forças mentais para se alcançar valores mundanos e domínio sobre as pessoas; sátwico, (superior), cujo escopo é despertar os chamados “centros da alma”, localizados no centro do peito (chacra Anahata, “reino de Deus”) e entre as sobrancelhas (chacra Ajna), através da prática da meditação, cujos resultados transmutam as energias grosseiras em sutis, os átomos de densa vibração dos metais baixos em átomos de ouro refinado, numa verdadeira alquimia espiritual. Essa é a técnica adotada pelas verdadeiras religiões, onde se pede ao valoroso discípulo, a renúncia do ego humano, representado pelos desejos mundanos e carnais, em favor de uma causa nobre ou divina.

5311c7f4604e85302bf74328f0b9a215

Esta prática, todavia, não se destina ao postulante comum e não exprime o pensamento dos Mestres Suddhas como instrução inicial. A “Maithuna”, prática de transmutação das energias sexuais, nunca foi ministrada por nenhum Avatara. Os Mestres orientam os discípulos para, em primeiro lugar, viver uma vida de reta conduta física e espiritual, buscando, através das práticas meditativas, a comunhão com Deus, tendo como metas o Amor Divino e a Sabedoria. Trata-se de uma técnica secreta, visando à sublimação das energias sexuais, mas muito perigosa para o homem não preparado, pois o despertar da kundalini deve vir de forma espontânea, quando o discípulo tiver despertado, primeiro, o chacra Anahata, no centro do peito, que está vinculado ao amor divino e o chacra Ajna, entre as sobrancelhas, que interliga com a glândula pineal, o centro da sabedoria.
images (3)
LAYA YOGA – Trata-se de uma modalidade de controle da natureza mental, partindo do pressuposto que se pode dominar as funções físicas e psíquicas e, assim, eliminar traumas, angústias, depressões, fobias etc, os chamados “agregados psicológicos”. Essa técnica consiste em relaxamento, musicoterapia, auto-sugestões, mantrans (palavras de poder) práticas de respiração para redução dos batimentos cardíacos, dominando-se o corpo físico, permitindo ao Espírito Divino, que está eternamente unido ao ser, manifestar-se e eliminar as desarmonias físico-psíquicas.
yoga-foto-33
RAJA YOGA – É a prática suprema, integral. É a síntese das Yogas. Seu objetivo é a comunhão com Deus, através da prática da meditação, vivência de elevada ética de conduta, serviço impessoal ao mundo e veracidade. Nela estão incluídos os sistemas Karma (reta ação), Gnana (sabedoria) e Bhakty (amor). A prática da Raja Yoga consiste em pranayamas (controle do alento), irradiação de amor universal, namaskara (rendição total e irrestrita a Deus) e a compreensão do bhávana (conceito da Unidade Divina). A meditação é dividida em externa, interna e transcendental, proporcionando ao praticante o despertar dos poderes latentes e divinos do ser, bem-estar físico e mental, caráter, magnanimidade e a aproximação aos Seres da Luz. Todos os sábios, místicos e santos de todas as religiões, de forma consciente ou intuitiva dessa técnica, praticaram a Raja Yoga. Os principais Avataras dessa modalidade são Sri Krishna e Mitra Deva.

 

Anúncios