Tags

, , , , , , , , , , , ,

 
“Se quer saber se é um índigo adulto analise as afirmações que se seguem e procura responder a cada uma delas fazendo um traço à frente de cada uma das respostas se forem afirmativas…”
 São muito criativos ainda que na escola não tenham tirado as melhores notas.

 Têm algumas características que fazem parte de crianças índigo.

 Apresentam alguns problemas de concentração e atenção (Sintomas de Desordem de falta de Atenção. Podem apresentar problemas para se concentrarem nas suas tarefas. Podem saltar de tema nas conversas (palestras, dissertações, etc.)

 Têm uma verdadeira empatia por algumas pessoas e sentem-se bem com pessoas que tenham a sua vibração, mas têm, também, uma profunda intolerância pela estupidez.

 São muito intuitivos, muito criativos e desfrutam fazendo coisas, mesmo que espalhem tudo à sua volta como um caos, sentem-se bem assim…mesmo que os outros reclamem da desordem.

 É difícil para eles fazerem um trabalho repetitivo e obrigatório e sobretudo na escola recusavam-se a fazê-lo.

 Vivem em constante mudança e têm, ainda hoje, problemas com a autoridade. Rejeitam, muitas vezes, a autoridade do professor ou mesmo dos pais quando procuravam impô-la. Questionaram-na e continuam questionando a autoridade.

 Aprendem rapidamente e quando acham que já sabem o suficiente aborrecem-se e desinteressam-se pelos assuntos?

 Se uma coisa ou um tema lhes interessa põem aí toda a sua atenção e não se importam de estar horas a fazer o mesmo.

 Na escola parecia que tinham “picos” e não paravam quietos, quando a matéria não lhes interessava, não lhe servia para nada ou achavam que já sabiam o suficiente sobre o assunto.

 Por vezes mostra ser extremamente sensíveis, ou emocionalmente instáveis, chorando ao mínimo motivo (sem protecção). Ou podem mostrar uma certa falta de emoção (protecção completa).

 Por vezes revoltam-se com certas coisas ou pessoas, parecendo que têm problemas com a Ira.

 Não compreendem e até se revoltam, ou irritam com os chamados sistemas ineficazes que consideram caducos: sistema político, educativo, médico, jurídico, etc.

 Sentem uma verdadeira irritação e ira quando privam dos seus direitos e detestam que os observem ou controlem os teus passos, ficam irritados quando alguém está sempre a observá-los e a criticá-los.

 Procuram o significado da vida e sentem uma vontade grande de mudar ou até melhorar o mundo aderindo, por vezes, à espiritualidade, a alguma religião ou a grupos ou livros de auto-ajuda.

 Tiveram alguma experiência psíquica, premonições (ver anjos, seres extrafísicos, fantasmas…) experiências fora do corpo, ouvir ruídos ou vozes, etc.

 É sensível à eletricidade e por vezes os relógios não funcionam, as lâmpadas apagam-se quando passa por baixo deles, os aparelhos eléctricos funcionam mal ou queimam-se fusíveis ou rebentam lâmpadas…

 Já, alguma vez, tiveram consciência da existência de outras dimensões, de extraterrestres ou da existência de outras realidades paralelas.

 São muito expressivos sexualmente, mas também podem recusar a sexualidade por aborrecimento ou para conseguirem uma ligação espiritual mais elevada. Podem explorar tipos alternativos de sexualidade.

 Tiveram poucos ou nenhum exemplo índigo para imitar.

 Se conseguem encontrar o seu equilíbrio podem transformar-se em indivíduos muito realizados, fortes, sãos e felizes.

 Se conseguiste responder positivamente pelo menos a 7 questões é bem provável que tenhas a energia Índigo, por isso deverás estar mais atento e procurar viver em Integridade…serás mais feliz e realizado… ”

erás tu um Índigo adulto?
Sim, tu podes ser um Índigo adulto. Os Índigos não começaram a chegar à Terra recentemente; o que acontece é que, simplesmente, o seu número tem vindo a aumentar cada vez mais, até, neste momento são já tantos que, finalmente, não podemos ignorá-los.
Será tu um Índigo adulto?

Eu creio que os Índigos adultos têm as seguintes características:

 São inteligentes ainda que, na escola, não tenham tirado as melhores as notas.
 São muito criativos e desfrutam fazendo coisas.
 Sempre precisam de saber POR QUÊ; especialmente quando se lhes pede que façam algo.
 Desagradava-lhes e, se calhar, odiavam grande parte do trabalho repetitivo e obrigatório da escola. Na escola, eram rebeldes negando-se a fazer os trabalhos, e recusavam a autoridade do professor. Ou, então, gostariam de se revoltar mas não se ATREVIAM, geralmente por causa da pressão dos pais.
 É possível que tenham experimentado depressão existencial bem cedo e sentimentos de impotência, os quais podem ter ido desde a tristeza até ao total desespero. Sentimentos suicidas durante a escola secundária ou até antes, são relativamente freqüentes no Índigo adulto.
 Têm dificuldades em empregos não dedicados ao serviço. Os Índigos resistem à autoridade e ao sistema laboral hierárquico. Preferem esforços cooperativos, posições de liderança ou trabalhar sozinhos. Têm profunda empatia por outros, mas também uma profunda intolerância perante a estupidez.
 Podem ser extremamente sensíveis emocionalmente, inclusive chorando ao mínimo motivo (sem proteção). Ou, então, podem ser o oposto, e não mostrar qualquer expressão de emoção (proteção completa).

 Podem ter problemas com a IRA. Têm problemas com os sistemas que consideram «gastos» ou ineficazes, como por exemplo, o sistema político, educativo, médico, legal, etc.

 Afastamento ou sensação de irritação com a política, sentindo que a tal voz não conta, e que o resultado, realmente, não importa. Frustração ou rejeição do tradicional “sonho americano”: trabalhar oito horas, matrimonio, 2.5 filhos, casa com uma cerca branca, etc.
 Ira quando são privados dos seus direitos; medo e/ou fúria perante o “Grande Irmão (Big Brother) que está a observar-te”. Um ardente desejo de fazer algo para mudar ou melhorar o mundo. É possível que não saibam o que fazer. Talvez tenham problemas para identificar o seu caminho. Têm interesses psíquicos ou espirituais desde muito novos; antes ou durante a adolescência.
 Tiveram poucos ou nenhum modelo Índigo para imitar. Possuem forte intuição.
 Padrão de comportamento ou estilo mental aleatório (sintomas de Desordem de Falta de Atenção). É possível que tenham problemas para se concentrarem nas suas tarefas. Podem saltar de tema durante as conversações (palestras, dissertações, etc).
 Tiveram experiências psíquicas, tais como premonições, ver anjos ou fantasmas, experiências fora do corpo, ouvir vozes, etc.
 Podem ser sensíveis à eletricidade: os relógios não funcionam, as lâmpadas apagam-se quando passam por debaixo delas, os aparelhos elétricos funcionam mal ou queimam-se os fusíveis.
 Podem ter consciência de outras dimensões e realidades paralelas.
 São muito expressivos sexualmente. Também podem recusar a sexualidade por aborrecimento ou com a intenção de conseguir uma ligação espiritual mais elevada. Podem explorar tipos alternativos de sexualidade.
 Procuram o significado das suas vidas e a compreensão do mundo. Podem consegui-lo através da espiritualidade ou da religião, grupos ou livros de auto-ajuda.
 Se chegam a encontrar o seu equilíbrio, podem converter-se em indivíduos muito fortes, sãos e felizes.

Esta é a minha opinião, baseada em conversas com outros Índigos adultos, e a minha extrapolação a partir de indicadores de Crianças Índigo projetados para uma geração atrás.

4c0993a640f9d19542f6f3316067b803
Muito Obrigado a Você Por Ter Visitado o Meu Blog
Namastê , Paz , Amor Universal, Equilibrio
e Lembre-se do Caminho do Meio (Buda ).

https://radionovaerabrasilia.wordpress.com

Anúncios